domingo, 15 de junho de 2008

A hipocrisia que nos aprisiona

A restrição de um indivíduo a um determinado grupo é a proximidade em que ele está da hipocrisia. Outro dia me perguntaram na faculdade o que eu era.
Poderia ser falso o bastante para admitir que sou um protestante.
Poderia ainda acrescentar um "com certeza", ou para ser mais dissimulado ainda, um "graças a Deus". Mas eu preferi ir pelo caminho que muitos definem como "a vergonha do evangelho": não me defino como nada, mas acredito em Jesus e não, na forma como ele é apresentado.
Já pensou como uma definição acrescenta uma enorme barreira entre os nossos relacionamentos? Se eu me defino como evangélico estou a entregar o meu testamento de perseguidor da virgem Maria. Eu sei que não é assim, mas aí está outro aspecto nas etiquetas: elas vêm, quase sempre, acompanhadas de uma conotação pejorativa.
Todo ser humano têm suas necessidades. Se eu me trancar junto com a minha ideologia, em seguida estarei abrindo as portas para a minha hipocrisia. Estarei pregando contra aquilo que gosto, ou contra o que preciso.Nossa humanidade não tem a tendência de regredir o número de necessidades: sempre somos levados a querer mais.
Talvez eu seja um protestante, mas vejam só, crio em seguida o meu deus pessoal! Cristo não é o bastante, preciso adorar a minha ideologia, preciso levar adiante a "mensagem de Lutero". Quanto mais amplo é o grupo no qual me incluo, menor a quantidade de barreiras que afastam as pessoas de mim.
Uma única definição destruirá os muros que separam os nossos países imaginários com sua leis particulares: somos humanos. Necessitamos de uma redenção. Carecemos do Cristo que nos define como seus amados filhos. Problemáticas e insaciáveis crianças!

4 comentários:

  1. "Se eu me trancar junto com a minha ideologia, em seguida estarei abrindo as portas para a minha hipocrisia." seu ragabundo....hauauhahauhahuauh cara essa foi aluscinante.... sábias palavras mestre jedi. é engraçado que esses dias eu passei pela mesma situação...me perguntaram: afinal o que você é: - bah bah bah! respondi: - Sou um cristão. só

    ResponderExcluir
  2. "Se eu me trancar junto com a minha ideologia, em seguida estarei abrindo as portas para a minha hipocrisia"
    GENIAL... GENIAL!!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Wendel. Você é quem eu estou pensando que é: companheiro de sala do 1º ano de letras?

    ResponderExcluir
  4. Ops... Sou eu mesmo!!

    ResponderExcluir