sábado, 5 de julho de 2008

Os blogs foram ouvidos: viramos pulgas a coçar no pelo de poderosos cães

UPDATE: O amado apóstolo Ribas, removeu o post: um passo atrás na conversa entre blogueiros e autoridades soberanas sacerdotais. :(
 
 
O Papo de Teólogo, blog do Conde René, fez tempos atrás, uma belíssima obra de arte em que satirizava os chamados apóstolos e suas presepadas (somente as públicas, se me entendem).
E agora obtivemos uma resposta, que pra mim, é só um pedacinho daquilo que está por vir. Estamos a incomodar enfim!

Como é do meu interesse, vou citar aqui apenas os grandes equívocos que essa réplica trouxe em seu conteúdo humorístico. É importante que você leia a réplica antes de ler o que escrevo aqui:
  • Equívoco 1: No título diz : Assembleianos julgando e criticando ministérios.
    O post no blog do René foi escrito por uma pessoa: usar o plural "assembleianos" não se aplica ao caso.
  • Equívoco 2: A igreja, graças a Deus, não têm o dever de policiar seus membros como sugerido pelo autor do post. Diferente do que acontece em instituições mais modernosas, a responsabilidade dos atos está na pessoa, que deve prestar contas a Deus, sem intermediários. Garanto que alguém que escreve uma coisa dessas deve ser um controlador de primeira.
  • Equívoco 3: No trecho " Esta semana acessamos o site Papo de Teólogo, onde descreve-se como "Papo de Teólogo Assembleiano", falta o sujeito. A frase fica ambígua. Quem fez a ação de se descrever: o site ou o nós que acessou?
  • Equívoco 4: Blogs não são anônimos, quem quiser eu dou até o Orkut do René. Temo que ele apareça esquartejado por aí depois de revelada a sua identidade nada anônima.
  • Equívoco 5: Quer lugar melhor para réplica do que os comentários do post?
  • Equívoco 6: Igreja genuína e oficial é aquela deixada por Cristo. A instituição desse apóstolo tem umas práticas um tanto duvidosas.
Tem mais um monte de coisa errada e divertida no post que eu gastaria muito tempo para comentar. Fiquei com preguiça. Quem quiser ir ver terá bons momentos de diversão.

5 comentários:

  1. Eu li o post do Ribas e particularmente deu vontade de bocejar... o mais impressionante é que tem campo para comentário mas dá erro quando é enviado...

    ResponderExcluir
  2. pena! não deu tempo de ir lá.
    o artigo foi tirado do ar.

    ResponderExcluir
  3. Bem que eu tentei no cache do Google, mas não deu pessoal.
    Um passo atrás nesse tão esperado progresso.
    Sim rap, não há interesse nas opiniões de ninguém.

    ResponderExcluir
  4. Deixei um comentário lá, vamos ver... Mas aí, que parada deprimente! (http://emerson.bahia.zip.net)

    ResponderExcluir
  5. Da próxima vez, em situações semelhantes, não deixe de fazer a captura da tela - fica aí a dica.

    ResponderExcluir